Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN Nacional 25/05/22 às 13:21
Compartilhe

Santuário de Santa Rita de Cássia é inaugurado no Sul de Minas

Por Redação
ASN Nacional 25/05/22 às 13:21
Compartilhe

No último domingo (22/5), Dia de Santa Rita de Cássia, foi inaugurado na cidade mineira de Cássia, há 392 km de Belo Horizonte, o maior santuário do mundo dedicado à ‘santa das causas impossíveis’. Na cerimônia de inauguração foi realizada a tradicional ‘missa das rosas’ que reuniu uma multidão de fiéis e teve a presença do governador de Minas Gerais Romeu Zema, do presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles e do bispo diocesano de Guaxupé, Dom José Lanza Neto.

Construída em uma área de 180 mil metros quadrados, o santuário tem capacidade para receber 7 mil visitantes e uma infraestrutura que inclui estacionamento, restaurante, centro comercial e até uma réplica da casa onde morou a religiosa italiana. A grandiosidade do local somada a fé dos devotos, além de localização próxima ao Lago de Furnas, são alguns diferenciais para promover o desenvolvimento do turismo religioso na cidade. “O santuário vai atrair milhares de devotos para o município, que vão precisar de se hospedar, fazer suas refeições e se deslocar. Além disso, possibilitará a criação de negócios como a venda de imagens e lembranças religiosas”, disse Zema.

Sobre o cenário de novas oportunidades vindas com o turismo religioso, o presidente do Sebrae Nacional lembrou da importância da realização de ações e iniciativas para preparar e estimular os pequenos negócios e, consequentemente, a geração de empregos e renda para o destino e seu entorno. “Hotéis, pousadas, restaurantes, artesãos e a comunidade como um todo serão beneficiados com o aumento do fluxo turístico motivado pela religiosidade e fé. O Sebrae acompanhou todo o processo desde a construção santuário, e vamos continuar ajudando Cássia a consolidar sua vocação para o turismo de religioso”, explica Melles.

Entre as ações do Sebrae que estão previstas para serem desenvolvidas no município está a promoção de capacitações nas áreas de gestão, marketing, vendas e finanças para donos de pequenos negócios locais. Haverá também orientações para os artesãos voltadas para a criação de uma identidade cultural do artesanato, melhoria do design e desenvolvimento de novos produtos religiosos, e ainda, consultorias especializadas para formação e fortalecimento da governança empresarial de Cássia.

Outra iniciativa será a criação do ‘Caminho Santa Rita de Cássia’, que vai interligar o Santuário de Cássia com o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade e o Santuário Nacional de Aparecida, garantindo fluxo constante e planejado de peregrinos, devotos e turistas.

O Sebrae vai ainda incentivar e orientar os moradores da cidade interessados em hospedar peregrinos, romeiros e turistas em suas residências. Também estão previstas ações de sensibilização e mobilização de jovens para se tornar ‘guardiões’ do patrimônio cultural e guias turísticos do ‘Caminho Santa Rita de Cássia’ e de todo o complexo religioso e cultural da cidade.

Estrutura

A obra arquitetônica do santuário começou em agosto de 2018 e foi inspirada em outros imponentes santuários, como: Aparecida, no interior de São Paulo, em Fátima, em Portugal e no próprio Mosteiro de Santa Rita, na Itália.

A construção inclui uma igreja principal que vai acomodar 5 mil pessoas sentadas e outras 2 mil em pé. Nas fachadas detalhes neoclássicos que interagem com o modernismo. Na decoração, grandes pinturas litúrgicas do artista sacro Romolo Picoli, que retratam a vida de Santa Rita de Cássia e Jesus Cristo. Além disso, vitrais coloridos e um grande altar inspirado nos templos antigos.

Há ainda anexos com sanitários, vestiários, fraldários, velário, a Casa dos Padres, um centro comercial, com espaço para 48 lojas de refeições rápidas e artigos religiosos, estacionamento para mais de mil veículos e 200 ônibus, além de um heliponto, com capacidade para três aeronaves.

O local conta ainda, com uma réplica da casa de Santa Rita de Cássia, com todos os detalhes, desde a mobília e objetos decorativos feitos com ferro ao acabamento das paredes com pedra, madeira e tijolo branco. Na área externa do santuário, há plantas nativas, uma videira e um grande canteiro de rosas.

O santuário foi idealizado e patrocinado pelo empresário Paulo Flávio de Melo Carvalho, natural de Cássia. Devoto de Santa Rita, o empresário doou o espaço para a Arquidiocese de Guaxupé.

‘Santa das rosas’

Santa Rita de Cássia nasceu em 1381, na cidade de Roccaporena, na Itália. Apesar de ser italiana, a santa ganhou vários devotos no Brasil, incluindo personalidades como o autor Manoel Carlos e o humorista Jô Soares. Foi casada com um homem violento com quem teve dois filhos. Após a morte do marido, manifesta a vontade de ingressar no mosteiro das irmãs Agostinianas, porém, não foi aceita por já ter sido casada. Refugiada na casa dos sogros, começou a cuidar de doentes de lepra e a curar enfermos.

Ainda segundo a história, em uma noite, que Santa Rita dormia, ouviu um chamado de Santo Agostinho, São Nicolau e São João Batista, que a colocaram dentro do mosteiro e por onde viveu 40 anos.

Como castigo de uma das freiras, por implicância ao seu passado, Santa Rita tinha a tarefa de regar diariamente uma roseira seca. Já no leito de morte, ela pediu que fosse colhida uma rosa no canteiro e para surpresa de todos, no galho seco e tomado pela neve, havia uma linda rosa vermelha. Foi assim que também ficou conhecida como a ‘Santa das Rosas’. Morreu no dia 22 de maio de 1457 e foi beatificada 453 anos após a sua morte.

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas