Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN Nacional 25/05/22 às 12:54
Compartilhe

Goiás terá faculdade Sebrae para empreendedores

Por Redação
ASN Nacional 25/05/22 às 12:54
Compartilhe

Sebrae Goiás recebeu comitiva do Sebrae São Paulo, de forma histórica, nesta segunda-feira, 9/5, 8h, em sua sede, nesta Capital. Dirigentes das duas unidades e o Diretor Técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, assinaram protocolo de intenções com intuito de desenvolvimento de ações, bem como, somar esforços para a implantação de um projeto que visará a instalação de uma unidade licenciada da Faculdade Sebrae em Goiás. Assinaram o documento pelo Sebrae SP, o Diretor Técnico, Ivan Hussni; e o gerente da unidade cultura empreendedora e dirigente institucional da Faculdade Sebrae SP, Paulo Henrique Barroso Menezes. Por Goiás, assinaram o protocolo, o presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE), Ubiratan da Silva Lopes; e os Diretores Superintendente, Antônio Carlos de Souza Lima Neto; Técnico, Marcelo Lessa; e de Administração e Finanças, João Carlos Gouveia.

Sebrae SP é mantenedor da Faculdade Sebrae, instituição de ensino credenciada pela portaria do MEC n. 01, (3/1/2018), com sede em São Paulo (SP). O objetivo é conjugar esforços e celebrar mútua e ampla colaboração institucional, visando cooperarem em ações de interesse comum voltadas para a instalação e operação de uma unidade licenciada da Faculdade Sebrae em Goiás. Ofertar cursos e capacitações específicas aos donos de pequenas empresas e demais empreendedores interessados.

As duas unidades (SP e GO) têm a intenção de buscar formas de colaboração, tais como, compartilhar conhecimento, ideias e lições aprendidas; planejamento de atividades conjuntas em áreas de interesse comum; conjugação de esforços e capacidades; diálogo com participantes e outros interessados nas atividades contempladas na parceria, dentre outras. A responsabilidade das unidades Sebrae é de divulgar e levar ao conhecimento do universo dos empreendedores, empresas de pequeno porte e demais interessados.

Presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE), Ubiratan da Silva Lopes, abriu os trabalhos, nesta manhã, cumprimentando os presentes, Diretor Técnico do Sebrae SP, Ivan Hussni; Diretor Técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick; vice-presidente do CDE, Osvaldo Guimarães; diretores executivos, Antônio Carlos, Marcelo Lessa e João Carlos Gouveia; bem como os demais conselheiros Marcelo Moura e equipe do CDE e analistas do Sebrae.
“Sebrae SP é referência para GO na implantação de boas práticas, porque existe uma sinergia entre as duas unidades”, afirmou Ubiratan Lopes. “Em comemoração aos 50 anos do Sebrae”, continuou ele, “faremos entregas importantes aos nossos clientes e à sociedade, ampliando o apoio aos pequenos negócios. E, Goiás, por sua vez, está na coordenação do Polo Sebrae de Soluções Agro e, nesta oportunidade, apresentamos destalhes de ações do mais recente polo do sistema Sebrae”, completou o presidente do CDE.

Já o Diretor Técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, enfatizou estar animado com a condução dos trabalhos em Goiás. “Sebrae é uma organização com sinergia, com governança enxuta e que atua de forma ágil. A condução dos trabalhos no Sebrae Goiás está exemplar”. “Temos a força de SP, uma potência com o trabalho de imigrantes”, destacou Quick. “Porém”, ainda na fala do dirigente nacional, “Goiás tem com polos econômicos fortes, como Rio Verde e Goiânia é uma referência da força do trabalho de brasileiros. Trouxemos o Polo de Soluções Agro para Goiás para referenciar e disseminar ações, soluções, informações para todo o país”, afirmou Bruno Quick.

Dentro do Sistema Sebrae os polos em atuação são o de artesanato (RJ); petróleo e gás (BA); ecoturismo (MS); educação (MG); liderança (PR); sustentabilidade (MT); e agronegócio (GO). O modelo polo é essencialmente democrático, pois tem a com adesão de todas as unidades de federação, com ampla participação de parceiros que contribuem para o desenvolvimento destes nichos. “Que os polos possam servir de modelo a outras instituições e agradeço ao Sebrae Goiás (Diretoria e CDE) por aceitar o desafio e a façanha de implementar o polo agro. Consideramos, por fim, que temos que celebrar estas conquistas com os parceiros, os colaboradores e com os demais envolvidos, porque Goiás tem avançado muito”, completou Bruno Quick.

Na avaliação do Diretor superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos, “estamos focados nos resultados que planejamos para o Sebrae que buscam transformar, positivamente, a vida das pequenas empresas e, de fato, a experiência do polo agro e de tantos outros, é uma forma exitosa de atuarmos em rede. Assim, desta forma, acreditamos que estamos cumprindo nosso papel em buscar e compartilhar as boas práticas do sistema Sebrae”.

De acordo com o Diretor Técnico do Sebrae SP, Ivan Hussni (Sebrae SP), a diretoria do Sebrae Goiás está bem dinâmica, competência e ágil na busca de soluções, realizando trocas importante de experiências com os demais diretores do Sistema. Estamos gratos pela receptividade de Goiás, pois a vida é construída por aprendizados e ensinamentos, ou seja, uma via de mão dupla. A força do Sebrae está nos estados. Temos que aprender muito com todos. Desta forma, conseguimos fazer com que o Sebrae, em seus 50 anos de construção, construiu um legado importante.

Logo após a assinatura do protocolo, os Diretores de Goiás, Antônio Carlos de souza Lima Neto e Marcelo Lessa apresentaram o panorama do agronegócio em Goiás e os programas e convênios que o Sebrae estadual mantém com o Sistema Faeg / Senar, como o Sebrae em Campo. Enquanto que, o analista do Sebrae Goiás, Douglas Paranahyba fez a apresentação do Polo de Soluções Sebrae Agro.

O encontro finalizou com as apresentações do Diretor Técnico do Sebrae SP, Ivan Hussni, e do Gerente da Unidade Desenvolvimento Setorial Regional, Rodrigo Matos do Carmo, que falaram sobre as experiências voltadas para o produtor rural em SP, apresentando também as parcerias do Sebrae com o Sistema Faesp X Senar.

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas