BETT EDUCAR

Sebrae promove palestra sobre Movimento Maker, que incentiva educação empreendedora

Movimento “faça você mesmo” cria cultura de empreendedorismo e criatividade desde a infância

Incentivar a educação empreendedora no Brasil. Essa é a proposta do Movimento Maker, apresentado pelo Sebrae nesta terça-feira (14), durante a Bett Educar 2019, o maior evento de educação e tecnologia da América Latina. A ideia é incentivar estudantes a produzirem seus próprios projetos, um “faça você mesmo” com a supervisão e orientação de professores. Essa atitude incentiva a autonomia dos alunos, para que, quando entrarem no mercado de trabalho, sejam criadores de soluções.

Para falar sobre o tema, o Sebrae recebeu o professor Daniel Almeida Chaga, da Universidade de Fortaleza (Unifor) e o pesquisador do Instituto UFC Virtual, Antônio de Lisboa Coutinho Junior, que discorreram sobre como os educadores podem incentivar e proporcionar atividades semelhantes em suas próprias escolas. “Educação empreendedora é isso: é gostar de resolver problemas e ter as competências necessárias para aplicar a tecnologia para resolver problemas”, avalia Chaga. “É o resgate dessa característica que o ser humano tem, que é de criar tecnologias”.

E essa tecnologia não se resume somente à produção de equipamentos inteligentes, mas também em promover habilidades manuais, como criar novas objetos em marcenaria, corte e costura, carpintaria, ou qualquer outra atividade. De acordo com Chaga, o movimento tem capacidade de se expandir para todas as escolas, pois é possível identificar aquele aluno ou professor que tem habilidades semelhantes às do Professor Pardal, icônico personagem da Disney. “Já é um início quando é possível dar apoio a esse aluno ou professor, criando um projeto para que eles possam aplicar seus conhecimentos, e assim agregar outros estudantes com o mesmo pensamento”.

Essa atitude, segundo os palestrantes, pode gerar empreendedores no futuro. “As grandes mentes e os grandes empreendedores atuais já foram pessoas que tiveram a faísca da inovação, a ânsia de criar projetos pessoais. Eles não são pessoas que esperam você pedir para fazer, mas são aqueles que têm vontade e desejo de criar”, considera o professor da Unifor. “Empreender não é só criar um negócio, afinal, você pode empreender sendo um funcionário, um servidor público. Empreender é querer buscar a diferença, querer criar algo ou uma nova solução”, completa.

 

Assessoria de Imprensa Sebrae
Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754