Inovação

Sebrae e Abragames fecham parceria para capacitar profissionais da indústria de jogos virtuais

Mercado ainda esbarra na formalização para atingir todo seu grande potencial

O mercado de games vem, cada vez mais, assumindo um papel de protagonista na indústria. Segundo dados da Newzoo, companhia de estatísticas e análises desse setor, a expectativa é que o segmento tenha fechado o ano de 2020, com um faturamento global de US$ 159 bilhões, 9,3% superior em relação ao ano anterior. No Brasil, os números também impressionam. A PwC estima que, em 2019, foram gerados US$ 1,6 bilhão em território nacional. E ainda há espaço para um crescimento muito maior.

Atento às oportunidades oferecidas por esse segmento, o Sebrae acaba de firmar uma parceria com a Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais, Abragames. O acordo tem por objetivo capacitar empreendimentos da indústria de games, ampliando sua formalização e tornando empresas mais maduras para internacionalização, capazes de atrair investimentos.

"Pretendemos potencializar o setor de games, que é muito promissor mas ainda precisa se estruturar melhor”, explica a analista do Sebrae, Jane Blandina da Costa. Segundo a profissional, o alto grau de informalidade de boa parte do setor faz com que jovens talentos optem por deixar o Brasil em busca de melhores oportunidades. "Além disso, torna-se difícil fazer um mapeamento preciso do setor, no qual podemos identificar gargalos, facilitar busca por recursos e tomar ações mais assertivas”, avalia Jane.

Por isso, desde 2017, o Sebrae vem fazendo movimentos para se aproximar do setor e contribuir com o desenvolvimento e profissionalização do mercado brasileiro. A parceria com a Abragames pretende preparar e capacitar empresários, além de contribuir com a modelagem e gestão qualificada de empreendimentos no setor. Ambas instituições já estão trabalhando na formatação de cursos no formato EAD, nos quais, ainda esse ano, os interessados poderão ter acesso a módulos com temas diversos.