Audio

Publicitária deixa profissão para abrir ateliê de doces



X

Publicitária deixa profissão para abrir ateliê de doces

Descrição:

O Sebrae ouviu os empresários de pequenos negócios para saber os principais motivos que os levaram a ter o próprio empresa. Cinquenta e sete por cento deles elencaram duas razões: manter a renda e ter independência financeira. A empreendedora Gisele Simões de Cariacica, no Espírito Santo, é um exemplo. Há dois anos, ela abriu um ateliê de doces. “Em maio de 2015, eu fui demitida. Trabalhava como atendimento em uma agência de publicidade e o mercado estava em recessão e eu resolvi abrir um negócio. Pra mim, isso me levou a independência financeira. Tenho uma clientela legal. O pessoal já me procura, já me conhece. Hoje eu tenho uma renda até maior que eu tinha antes.”Para empreender certo, acesse: www.sebrae.com.br.

Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhado pela mesma Licença 2.5 Brasil