Parceria

Petrobras lança edital de inovação com o apoio do Sebrae

O acordo entre as duas organizações terá duração de cinco anos e as inscrições de startups e pequenas empresas inovadoras começam no início de agosto.

A Petrobras lançou nesta sexta-feira (05/07), em parceria com o Sebrae, o primeiro edital do Programa Petrobras Conexões para Inovação, que possibilitará a inserção de pequenos negócios e startups no desenvolvimento de soluções para superar desafios tecnológicos propostos pela empresa em 6 temas. Esse foi o primeiro passo de um processo que vai durar cinco anos e receberá um investimento de até R$ 60 milhões. Além do Rio de Janeiro, o lançamento será divulgado em julho e agosto, a partir desta semana, em todo o país. Neste primeiro edital, a previsão é que 10 projetos sejam contemplados com recursos que variam, em média, entre R$ 500 mil e R$ 1,5 milhão.

O Sebrae irá oferecer consultoria às empresas selecionadas, para melhoria da competitividade, durante o período do projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Também prestará auxílio na prestação de contas física e financeira dos projetos. Segundo o diretor-superintendente da instituição no Rio de Janeiro, Antonio Alvarenga, o resultado da parceria da Petrobras com o Sebrae é estratégico. “Somos parceiros ideais, por nossa capilaridade e capacidade de desenvolver as micro e pequenas empresas com a capacitação”, afirmou Alvarenga. “Vamos ampliar essa parceria”, acrescentou, ressaltando que o programa será benéfico para todo o país, em especial para o estado, cuja economia está muito relacionada à petroleira estatal e ao segmento de óleo e gás.

Conforme Raul Eduardo de Sanson, vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a parceria entre a Petrobras e o Sebrae se dá em um momento em que o segmento de óleo e gás está novamente em fase de crescimento. “O mercado internacional exige preço, prazo e inovação, por isso tem que criar tecnologia”, afirmou Sanson, ressaltando que todo o processo de execução do edital vai beneficiar a cadeia dos pequenos negócios. “Entre 10 e 15 anos, o setor das pequenas empresas representará o principal mercado para fornecedores e subfornecedores”, observa o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Rio, Antônio Florencio de Queiroz Junior.

O diretor de Desenvolvimento da Produção e Tecnologia da Petrobras, Rudimar Lorenzatto, lembrou que cooperação, tecnologia e inovação sempre estiveram no DNA da companhia. "A transformação digital está mudando o negócio das empresas e queremos internalizar isso. Há muita inteligência a ser captada em todos os estados. Esperamos ideias novas, disruptivas, e que este seja apenas o primeiro passo para um grande salto da indústria", disse Lorenzatto, observando que a experiência do Sebrae com micro e pequenas empresas será importante para atrair este público para a iniciativa. “É um marco, uma iniciativa ousada”, classificou Alfredo Renault, superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), ao falar sobre o lançamento do edital.

Além do Rio de Janeiro, as cidades de Belo Horizonte, Recife, São Paulo, São Carlos, Vitória, Campinas, Curitiba, Salvador, Porto Alegre, Florianópolis e Distrito Federal já estão com datas marcadas pela Petrobras para a realização de roadshows de apresentação das demandas tecnológicas pelos técnicos da estatal. Além disso, gestores do Sebrae estão sendo capacitados para gerir, nas unidades estaduais, o acordo entre a instituição e a Petrobras. Na quinta-feira (4) e na sexta-feira (5), antes do lançamento do edital, aconteceram no Rio de Janeiro os dois primeiros encontros. “As reuniões com os gestores nos estados é para fazermos os alinhamentos, inclusive com iniciativas internas em andamento”, explica César Rissete, gerente da Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional.

Participação e avaliação

Qualquer micro ou pequena empresa inovadora, com ou sem parceria de instituições científicas e tecnológicas credenciadas na ANP, pode apresentar projetos nas áreas de tecnologias digitais, captura e utilização de carbono, novas energias, nanotecnologia, corrosão e catalisadores, conforme os desafios apresentados. As inscrições poderão ser feitas de 1° de agosto a 5 de setembro, no site http://www.sebrae.com.br/editalpetrobrassebrae/2019, que já está no ar e que incorporará, gradativamente, novas informações para os interessados, constituindo-se também num canal para comunicação do andamento da iniciativa. As empresas selecionadas terão em média dois anos para desenvolver seus projetos. No edital, que estará em breve no site anteriormente citado, constarão os critérios de avaliação das propostas.

  

Assessoria de Imprensa Sebrae
Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754