Inovação

Mapa das Empresas permite diagnóstico das atividades produtivas em todo o país

Ferramenta online lançada pelo governo federal apoia o desenvolvimento de negócios com dados atualizados sobre o movimento de abertura e fechamento de empresas

Os empreendedores brasileiros contam com nova ferramenta para auxiliar na tomada de decisões dos seus negócios. O governo federal anunciou o lançamento do Mapa das Empresas que permite o acompanhamento do movimento de abertura e fechamento de negócios por tipo de atividade e localização geografia. Com a ferramenta gratuita é possível verificar as atividades que estão crescendo ou decaindo, em quais estados e município, além de ter acesso a informações sobre o tempo médio para iniciar negócios no país.

O Mapa foi criado pela Secretaria de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a partir da integração digital pela Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), que reúne entidades representativas das 27 juntas comerciais.

Por meio dessa ferramenta, é possível analisar mercados, concorrência, clientes e fornecedores por tipo de atividade econômica dos empreendimentos. De acordo com o secretário especial de Desburocratização, Paulo Uebel, a ferramenta foi criada para impulsionar negócios com dados precisos. “Ainda mais neste momento crítico da pandemia do Covid-19, devemos abrir os dados que subsidiem decisões dos empresários e do próprio governo sobre as oportunidades e desafios para empreender no país”, ressaltou.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, destaca que o Mapa pode auxiliar na tomada de decisão do poder público, dos empreendedores e de agentes da sociedade. “Esse cruzamento de dados fornecerá subsídios para gestores públicos, pesquisadores, investidores e outras entidades para a formulação de políticas públicas, sobretudo de incentivos locais”. O produto, atualizado mensalmente, é organizado em dois painéis: Tempo de Abertura de Empresas e Quantidade de Empresas. É possível fazer buscas por filtros de ano, mês, região, unidade da federação, município, natureza jurídica e atividade econômica.

Saldo positivo no 1º trimestre

Informações extraídas do Mapa apontam que o Brasil encerrou o 1º trimestre deste ano com 18.296.851 empresas ativas. Os dados revelam um saldo positivo de mais de meio milhão de empresas (554.579 a mais). Entre as atividades de maior crescimento no período temos cabeleireiros, manicure e pedicure (45.397 empresas abertas) e o comércio varejistas de artigos de vestuário e acessórios (42.864 empresas abertas). O tempo médio para a abertura de uma empresa ficou em 3 dias e 16h, com uma redução em relação ao primeiro trimestre do ano passado, quando a média nacional era de 5 dias e 9h.