Inovação

Atendimento exclusivo é diferencial de empresa

Empreendimento conquista mercado e já é uma das três melhores no Pará

Belém - O mercado de produção e realização de eventos cresce a cada ano no país, gerando diversas oportunidades de negócios para empreendedores de inúmeras áreas. Mas para aproveitar esses bons ventos é preciso ser único, não mais um.

E, para chegar lá, cada tem uma carta na manga. Em Belém, o nome de uma empresa desse ramo já diz para que veio o empreendimento aberto há 5 anos pelo jovem empresário Gustavo Costa e mais três sócios: Exclusiva Produções & Eventos. O grande diferencial do negócio é atender o cliente de forma única e personalizada, com exclusividade. “Nós temos um foco bem publicitário do trabalho. Assim, entendemos cada cliente como uma empresa que nos busca a procura de uma campanha publicitária única. Esse é o ponto de partida”, explica o empresário.

_OLHO_

A Exclusiva oferece todos os serviços necessários para o evento, do planejamento à realização. O foco maior do negócio são as festas de formatura, mas também promove casamentos, aniversários, entre outros. “Hoje, 95% dos nossos clientes são turmas de formatura”, diz Gustavo. A empresa funciona em um prédio de 600 metros quadrados, com uma ampla recepção, departamento comercial – onde é feito o primeiro atendimento ao cliente-, áreas administrativo-financeiras e um amplo estúdio fotográfico.

O primeiro passo, segundo Gustavo, é conhecer o cliente, suas características e seus gostos, para traçar um perfil. “Após isso, planejamos sua campanha, criamos a identidade visual que vai acompanhar todas as etapas, fazemos as primeiras fotos e definimos o estilo para cada momento. Tudo até chegar o grande dia, com tranquilidade para o nosso cliente até a reta, com a entrega da filmagem e das fotos. Não temos um pacote pronto. Cada cliente é o cliente”, explica o empresário.

Hoje, Gustavo e o sócio Wilder Bentes, comandam uma equipe de 20 profissionais diretamente ligados à empresa e mais dezenas de terceirizados a cada evento, com o desafio de estar à frente de um dos três melhores empreendimentos do ramo no Estado e de ter como horizonte o topo dessa lista em pouco tempo.

“Além dos funcionários da própria Exclusiva, trabalhamos com empresas terceirizadas, que prestam serviços de buffet, decoração, gráficos, entre outros”, comenta Gustavo. “Temos uma equipe jovem e criativa, que está sempre atenta às novidades do ramo e ao que dita o mercado, de olho no melhor atendimento”, ressalta.

Inovação

O empresário Gustavo Costa diz que para garantir atendimento exclusivo aos clientes é preciso muito trabalho e apoio especializado, como o que recebeu do Sebrae. Em dois anos sendo atendido pelo programa Agentes Locais de Inovação (ALI), o empresário comemora os resultados positivos para o empreendimento ao apostar em inovação, principalmente em processos, um dos quatro tipos de inovação adotados no mercado– produtos/ serviços, processos, marketing e método organizacional.

“Assim como em todas as empresas atendidas pelo programa, um agente local de inovação foi para dentro da Exclusiva para realizar, primeiramente, um diagnóstico do empreendimento, levantar as necessidades do negócio e seu perfil inovador. Após esse estudo, um plano de ação estabelecido, a partir do qual foi possível iniciar o trabalho de consultoria”, explica a coordenadora estadual do programa, Naiana Mainieri.

O grande passo, de acordo com Gustavo, foi dado com o programa Exclusiva On, criado especificamente para a empresa. “Ele é completo, envolvendo as atividades de atendimento comercial - como orçamento- geração de contratos, planilha financeira, geração de boletos de pagamento, até a última entrega ao cliente, que é a escolha das fotografias pós-evento”, detalha.

Segundo o empresário, mais que ajudar na gestão do negócio, o sistema facilita a vida do cliente. “Ele pode gerar boleto on line e, de sua casa, escolher as fotos do evento. O que antes poderia durar dias, com muitas idas e vindas à empresa, hoje pode ser feito em alguns cliques, com comodidade e economia de tempo”, reforça o empresário.

Gustavo também comenta os ganhos financeiros que a tecnologia trouxe à empresa. “Pensa que, só com a facilidade da escolha de fotos, economizamos tempo dos nossos profissionais, despesas de energia e outras mais, já que não é necessário mais receber o cliente na empresa, o que antes ocorria muito fora do horário normal de expediente, por causa da rotina de estudo e trabalho de grande parte deles, gerando gastos extras”, frisa.

Para Gustavo, o Exclusiva On é um marco no negócio. “Algo que eu não conseguiria sem o ALI. Até pelo preço. Fui pesquisar no mercado e os sistemas disponíveis, além de não serem completos, são caríssimos. Por meio do ALI, tive acesso a outro programa, o Sebraetec, que me deu a oportunidade de implantar o sistema com 85% de economia”, declara o jovem, lembrado que os benefícios serão ainda maiores com a implantação completa do sistema, o que deve ocorrer até abril de 2015.

Também pelo ALI, outras portas se abriram para o empresário. “Nós conseguimos registrar a marca da empresa em parceria com o NITT, que é o Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia do Cesupa, a custo baixíssimo, criamos o site da empresa – ainda pelo Sebraetec, aprimoramos a utilização das redes sociais e eu fiz Empretec”, enumera. Hoje, ele está se preparando para implantar outras novidades no empreendimento por meio do programa: “estamos sendo assessorados para a criação do organograma funcional e descrição de cargos da equipe, de mapas de processos e de um aplicativo mobile, que é uma extensão do sistema Exclusiva On, para acesso em smartphone”, adianta.

“Eu confesso que no início fiquei meio desconfiado quando a primeira ALI veio aqui. Depois, quando comecei a ser acompanhado pela agente Juliane, e conheci realmente o que o programa e o Sebrae podiam fazer por mim, fiquei encantado. Entendi o grande papel que a instituição tem na vida dos empresários. E não falo apenas de economia de dinheiro, mas, principalmente, do acompanhamento técnico, que nos faz caminhar com segurança”, ressalta Gustavo.

“Com o a assessoria do programa houve um impulso significativo na carteira de clientes e ampliamos as possibilidades de parcerias no mercado. Para ter uma ideia, ano passado tivemos oito clientes. Em 2014, foram 20. A previsão para 2015 é muito melhor e já temos clientes fechados até 2018”, comemora Gustavo.

O ALI é um programa nacional do Sebrae com acompanhamento aos empresários paraenses desde 2010, já tendo realizado ações em Belém, Marabá, Altamira, Itaituba e Santarém, e que podem ser estendidas, futuramente, para os municípios de Capanema, Castanhal e Parauapebas.

“A intenção é promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas, por meio de orientação proativa e personalizada de agentes que vivem o dia a dia dos negócios”, diz Naiana.

Todo o trabalho é pautado nos quatro tipos inovação já citados. “Queremos, também, mostrar aos empresários o quanto inovar é importante para a sobrevivência dos negócios e que adotar práticas inovadoras não é coisa apenas para grandes empresas”, reforça a coordenadora.

Mais informações:

Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Pará
(91) 3181 9136
(91) 3181 9137
(91) 3181 9139
umc@pa.sebrae.com.br