Inovação

40 Startups são selecionadas para participar do InovAtiva de Impacto

Nos próximos seis meses, essas empresas participarão do programa de aceleração, que oferecerá capacitação, conexão e mentoria online

O InovAtiva de Impacto selecionou 40 startups para participar de seu ciclo de aceleração. Até 26 de outubro de 2020, essas empresas terão acesso a cursos de capacitação online, webinars, treinamento de simulação de pitch (discurso para investidores) com feedback de mentores convidados, workshops e mentorias coletivas e individuais. Criado em 2016, o programa busca fomentar o ecossistema dos negócios de impacto social e ambiental no país.

Todas as atividades serão disponibilizadas de forma online a fim de capacitar os participantes nas competências necessárias para o desenvolvimento de um negócio inovador de impacto, além de permitir que os empreendedores as realizem de qualquer lugar e no horário que lhes for mais conveniente.

“Gratuito e equity free, o InovAtiva de Impacto é uma política pública que tem por objetivo nutrir o ecossistema brasileiro de empreendedorismo inovador por meio da conexão de startups aceleradas pelo programa com oportunidades de negócios no mercado privado, para a geração de empregos qualificados e renda em todas as regiões do país”, afirma Gustavo Ene, Secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação da Secretaria de Produtividade Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SDIC/SEPEC/ME).

As 20 startups que cumprirem o cronograma obrigatório e apresentarem melhor desempenho na tarefa de Pitch Deck, irão para a segunda etapa do programa, que envolve mentorias individuais especializadas e webinar. Também poderão participar do InovAtiva Experience, evento em que os empreendedores têm a oportunidade de apresentar suas soluções para possíveis investidores, clientes e parceiros.

“Além de ser uma temática importantíssima para o mundo atual, o impacto socioambiental vem se mostrando, também, uma oportunidade de negócios em diversas áreas. Essa união do impacto positivo com a oportunidade de negócios é a motivação do InovAtiva de Impacto, que acelera startups de diversos segmentos”, afirma o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick.

Startups selecionadas

Oriundas de 13 estados brasileiros, as startups selecionadas são, em sua maioria, da região sudeste do país (45%). Essas empresas contam predominantemente com modelo de negócios B2B (47,5%). Já utilizam métricas de impacto social (70%), mas seu faturamento nos últimos 12 meses não ultrapassou a marca de R$ 50 mil (42,5%).

Abaixo listamos as 40 soluções que participarão do InovAtiva de Impacto 2020 de acordo com as suas áreas de atuação:

* Agronegócios: ManejeBem e Netword Agro
* Educação: {Parças} Developers School - Instituto Hacker de Tecnologia, AppGuardian Pais e Filhos Conectados, NeoEdu - Escritor para o Futuro, Pé de Feijão, Prol Educa, Rede Enem e Toti;
* Energia: DISPOR Energia, SHARENERGY e SunR - Reciclagem fotovoltaica;
* Entretenimento e Games: daleGig;
* Finanças: IOUU e Openbox.ai;
* Indústria Química: MadTech Indústria de Impacto;
* Logística: Carbono Zero;
* Marketing e Mídia: Moeda Verde e Nohs Somos;
* Mobilidade Urbana: PLOY - Pernas Pra Que Te Quero e Wiimove;
* Óleo e Gás: Óleoponto;
* Outros: Minus;
* Saúde: Apta Saúde, Nearbee, Neuroganho e Sysvale Softgroup;
* Serviços: COMBINADO APP, Sharity e Susclo;
* Setor Público: Fleeter;
* Tecnologia da Informação e Comunicação: Assamble e Totalstrategy;
* Tecnologias Sustentáveis e Verdes: Central de Materiais, ELOVERDE, Favo Tecnologia, Minha Coleta, PWTECH, ReciGreen e We Step Clean.
Para mais informações sobre as startups aprovadas, acesse: https://www.inovativabrasil.com.br/aprovadasimpacto2020/

Sobre o InovAtiva de Impacto

O InovAtiva de Impacto é uma vertente diferenciada do Programa InovAtiva Brasil, voltada para o tema impacto social e ambiental. Desde 2016, mais de 1000 startups se inscreveram no programa e mais de 80 participaram do InovAtiva de Impacto. No próximo desafio, serão selecionadas 40 startups com potencial para geração ou que tenham em sua constituição o impacto social ou ambiental como foco. As startups selecionadas fazem cursos, recebem mentoria especializada e, destas, 20 se apresentam para uma banca de investidores e representantes de aceleradoras e de outras instituições ligadas ao tema.